GD ADVOCACIA - Advocacia Extrajudicial, Assessoria Jurídica, Contratos, Direito Bancário, Direito Civil em São Paulo

Sobre

Fundado em 2008, o escritório GD ADVOCACIA já prestou serviços a inúmeras pessoas jurídicas, nas mais diversas áreas do direito, em especial, nas áreas do direito civil, comercial, trabalhista, imobiliário, previdenciário.

Fruto da iniciativa empreendedora do Dr. Gilson Dantas, o escritório tem como prioridade a plena satisfação de seus clientes, a partir de um atendimento personalizado e da elaboração de respostas rápidas, seguras, objetivas e bem fundamentadas às suas demandas.

O sólido crescimento experimentado pelo escritório GD ADVOCACIA, desde então, é decorrente da excelência dos serviços prestados, aliado a um forte e contínuo investimento no seu material humano e nas suas estruturas físicas e tecnológicas.


Filosofia:

O escritório tem como objetivo final a plena satisfação de seus clientes. Para tanto, promove forte e contínuo investimento no seu material humano e nas suas estruturas físicas e tecnológicas.

No intuito de estimular o constante desenvolvimento o escritório G&D ADVOCACIA incentiva os seus profissionais, de modo direto e indireto, a buscarem as mais diversas formas de extensão do conhecimento.

Áreas de Atuação

  • Advocacia Extrajudicial
    Advocacia Extrajudicial
    Advocacia Extrajudicial

    Na maior parte das vezes os conflitos judiciais e administrativos ocorrem pel...

    Saiba mais
    Advocacia Extrajudicial
    Advocacia Extrajudicial
    Fechar

    Advocacia Extrajudicial

    Na maior parte das vezes os conflitos judiciais e administrativos ocorrem pela impossibilidade das partes estabelecerem um diálogo que facilite o entendimento, e lhes permita construir uma solução negociada e amigável que atenda os anseios de ambas as partes.

    Nosso escritório conta com advogados capacitados e experientes no restabelecimento do contato perdido entre as partes, que agem sempre na busca de soluções negociadas, almejando sempre a possibilidade de que as partes prossigam realizando negócios entre si.

  • Assessoria Jurídica
    Assessoria Jurídica
    Assessoria Jurídica

    A Assessoria jurídica é uma área do direito também conhecida como advocacia p...

    Saiba mais
    Assessoria Jurídica
    Assessoria Jurídica
    Fechar

    Assessoria Jurídica

    A Assessoria jurídica é uma área do direito também conhecida como advocacia preventiva para empresas. Quando administrada de modo adequado, evita problemas judiciários futuros e facilita as situações cotidianas dentro de um empreendimento.

    O advogado que ocupa essa função se envolve com todos os processos que contenham implicações jurídicas, como a formulação de contratos (analisando todos os riscos que a empresa estará sofrendo neles), acompanha o cliente ao cartório (no caso de necessitar efetuar algum registro público), elabora termos judiciais, redige correspondências, prepara defesas administrativas de cunho fiscal, entre outras coisas. Ou seja, tudo que envolva atos concretos da advocacia e tenham implicações jurídicas.

  • Contratos
    Contratos
    Contratos

    Atendemos todas as necessidades de realização de negócios jurídicos do ambien...

    Saiba mais
    Contratos
    Contratos
    Fechar

    Contratos

    Atendemos todas as necessidades de realização de negócios jurídicos do ambiente empresarial, mediante a elaboração e análise de instrumentos jurídicos contratuais, envolvendo empresas nacionais ou estrangeiras que tenham atividades comerciais no Brasil, tais como contratos de agência, distribuição, serviços, consultoria, compra e venda, fornecimento, exportação, importação, engenharia, administração, empreitada e seguro, prestação de fiança, aval, penhor e hipoteca, entre outros.

  • Direito Bancário
    Direito Bancário
    Direito Bancário

    O Direito Bancário pode ser descrito como o conjunto de regras e princípios e...

    Saiba mais
    Direito Bancário
    Direito Bancário
    Fechar

    Direito Bancário

    O Direito Bancário pode ser descrito como o conjunto de regras e princípios especialmente aplicáveis ao conjunto da actividade bancária em sentido lato, compreendendo a recepção de depósitos, o empréstimo de fundos, e uma série de outro tipo de operações activas e passivas.

    O Direito Bancário compreende também as normas de direito público que visam a regulação e supervisão da actividade bancária. Outros aspectos mais gerais, como as normas relativas à prevenção da lavagem de dinheiro (ou branqueamento de capitais) têm também um impacto directo na área bancária.

  • Direito Civil
    Direito Civil
    Direito Civil

    O Direito Civil é, dos ramos do direito, o mais amplo se considerarmos os con...

    Saiba mais
    Direito Civil
    Direito Civil
    Fechar

    Direito Civil

    O Direito Civil é, dos ramos do direito, o mais amplo se considerarmos os conhecimentos que o envolve, já que é nele que são estudadas todas as relações que envolvem os particulares e que não se encaixem no Direito Empresarial, a saber: a teoria geral do direito privado, as obrigações civis, os contratos civis, as relações de família, as relações de sucessões e as responsabilidades civis.

  • Direito do Consumidor
    Direito do Consumidor
    Direito do Consumidor

    O direito do consumidor é um ramo do direito que lida com conflitos de consum...

    Saiba mais
    Direito do Consumidor
    Direito do Consumidor
    Fechar

    Direito do Consumidor

    O direito do consumidor é um ramo do direito que lida com conflitos de consumo e com a defesa dos direitos dos consumidores, e que se encontra desenvolvido na maior parte dos países com sociedades de consumo e sistemas legais funcionais.

    Entretanto, devemos de uma forma coesa atribuir os reais valores aos consumidores, reconhecendo as falcatruas, e beligerantes atitudes de muitos fornecedores, quanto as condições dos vários produtos fornecidos aos consumidores.

  • Direito Imobiliário
    Direito Imobiliário
    Direito Imobiliário

    O direito imobiliário é o ramo do direito privado que trata e regulamenta vár...

    Saiba mais
    Direito Imobiliário
    Direito Imobiliário
    Fechar

    Direito Imobiliário

    O direito imobiliário é o ramo do direito privado que trata e regulamenta vários aspectos da vida privada, tais quais o condomínio, o aluguel, a compra e venda de imóveis, a usucapião e os financiamentos da casa própria.

    Suas raízes estão no direito de propriedade, seja como direito subjetivo à detenção de uma coisa, seja como ramo especializado da doutrina jurídica.

    Como parte do direito imobiliário pode-se citar o direito registral imobiliário, que cuida dos fenômenos jurídicos aliados ao registro de imóveis.

  • Direito Previdenciário
    Direito Previdenciário
    Direito Previdenciário

    Direito Previdenciário está previsto no capítulo II (Direitos Sociais) da Con...

    Saiba mais
    Direito Previdenciário
    Direito Previdenciário
    Fechar

    Direito Previdenciário

    Direito Previdenciário está previsto no capítulo II (Direitos Sociais) da Constituição Federal, a qual dispõe no art. 194 que a gestão administrativa da seguridade social é quadripartite, ou seja, há a participação dos trabalhadores, dos empregadores, dos aposentados e do governo nos órgãos colegiados.

    A Constituição estabelece que a Seguridade Social seja organizada pelo Poder Público, com base nos seguintes objetivos:

    - Universalidade da cobertura e do atendimento;
    - Uniformidade e equivalência dos benefícios e serviços às populações urbanas e rurais;
    - Seletividade e distributividade na prestação dos benefícios e serviços;
    - Irredutibilidade do valor dos benefícios;
    - Equidade na forma de participação no custeio;
    - Diversidade da base de financiamento;
    - Caráter democrático e descentralizado da administração.

  • Direito Trabalhista
    Direito Trabalhista
    Direito Trabalhista

    O direito trabalhista, também chamado de direito do trabalho ou laboral, é o ...

    Saiba mais
    Direito Trabalhista
    Direito Trabalhista
    Fechar

    Direito Trabalhista

    O direito trabalhista, também chamado de direito do trabalho ou laboral, é o ramo do direito que regula as relações existentes entre empregados e empregadores. Ela é estabelecida por meio de um conjunto de normas regidas pela Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, a Constituição Federal (um conjunto de leis superior às outras no caso do sistema jurídico) e outras leis esparsas (leis incomuns e que não se encontram num código ou na Constituição).

    Dentro do direito do trabalho, existem duas figuras principais. Um é o empregado, um indivíduo de pessoa física que presta serviços (as funções executadas em seu ambiente de trabalho continuamente) ao empregador, cuja dependência (no sentido de cumprir ordens) consiste nos cargos e funções dado por esse, tendo como remuneração um salário prescrito na CLT.

    O outro é o empregador, geralmente uma pessoa jurídica (empresa) que contrata os serviços do empregado mediante um salário. Ele pode ser também uma pessoa física ou um grupo de empresas.

    Por meio da relação de trabalho, em que o empregado presta serviços para o empregador, o contrato de trabalho é o instrumento que representa essa relação, estando nele os direitos e os deveres do empregado. Ela irá variar de acordo com os tipos de trabalho e relações entre os dois.

    O direito do trabalho tem suas origens baseadas nas normas instituídas pela Organização Internacional do Trabalho - OIT, as doutrinas e os costumes de um povo e os contratos de trabalho e regulamentos da empresa.

  • Família e Sucessões
    Família e Sucessões
    Família e Sucessões

    Direito de Família é o ramo do direito que contém normas jurídicas relacionad...

    Saiba mais
    Família e Sucessões
    Família e Sucessões
    Fechar

    Família e Sucessões

    Direito de Família é o ramo do direito que contém normas jurídicas relacionadas com a estrutura, organização e proteção da família. Ramo que trata das relações familiares e das obrigações e direitos decorrentes dessas relações.

    A matéria está regulada no Código Civil Brasileiro de 10 de Janeiro de 2002, nos artigos 1.511 a 1.783 (Livro IV - Do direito da família) e de 1.784 a 2.046 (Livro V - Do direito das sucessões).

    Ela disciplina, ainda, a necessidade de contrato entre conviventes (concubinos), regimes de bens e sua mutabilidade, entre outras matérias.

    Também parte deste ramo do direito, ainda que não positivada (publicada em norma escrita) é aquela referente aos esponsais, fase anterior ao casamento conhecida principalmente por noivado e que pode gerar efeitos jurídicos.

Equipe

  • Gilson Rodrigues Dantas
    Gilson Rodrigues Dantas
    Gilson Rodrigues DantasAdvogado
  • Endereço: Rua João Casagrande, 41 - Sala 03
    São Paulo/SP
    CEP: 05.365-130
  • Telefone: (11) 2371-7620
Como chegar?

Contato

  • Endereço: Rua João Casagrande, 41 - Sala 03
    São Paulo/SP
    CEP: 05.365-130
  • Telefone: (11) 2371-7620